Um dos maiores medos de todos que amam uma boa rotina skincare é não obter os resultados que busca quando iniciam os cuidados. Mas pior que isso, é ter o efeito contrário! Nesse caso, se sua pele oleosa ou mista certamente já teve ou pode ter uma experiência dessas, de ao errar a mão com os produtinhos de beleza, ficar com a pele do rosto cheia de óleo.

Chamamos isso de efeito rebote. Que nada mais é do que uma tentativa de autodefesa por parte do nosso corpo, para manter a pele com a quantidade ideal de sebo. Nesses casos, o que podemos fazer para evitar é blindar a rotina skincare e deixar com que o corpo se acostume com os cuidados e continue fazendo o seu trabalho de proteção. Porém sem encher nossa pele de mais e mais sebo.

A seguir você descobre onde pode estar o problema e aprende a resolvê-lo. Dessa forma, não vai precisar se preocupar mais com a quantidade de óleo do seu rosto. Tudo vai começar a ser como deveria!

Efeito Rebote: como identificá-lo?

Apesar de um nome bastante negativo, em essência, o efeito rebote é apenas um mecanismo de defesa do nosso corpo. Pois naturalmente, a pele precisa da camada de gordura, ela serve para proteção, principalmente. Então, sempre que tentar deixar a pele sem nada de oleosidade, o corpo vai reagir e produzir ainda mais sebo. Isso porque ele entende que algo não está certo e ele precisa compensar, por isso produz muito mais óleo que o normal.

Outro ponto, com zero de oleosidade, a pele ressaca, desidrata e sofre bem mais com os efeitos da exposição à luz, à poluição e tudo mais. Com isso a sensibilidade aparece e o corpo não “gosta” de permitir esses pontos fracos, já que temos muitos outros órgãos funcionando e a pele deveria ser a menor das preocupações. Logo ele vai reagir produzindo mais óleo!

Para identificar o efeito rebote é preciso acompanhar por alguns dias como a sua pele reage à rotina e também observar os seus hábitos. Pois muitas coisas podem influenciar em sua ocorrência, desde uso indevido de cosméticos, produtos não adequados ao tipo de pele ou mesmo alterações em nosso próprio corpo.

O que a rotina skincare tem a ver com isso?

O aumento da oleosidade na pele tem causas diversas, desde o uso indevido de algum produto ou mesmo mudanças em nosso próprio corpo. Segue uma pequena lista de coisas que você precisa estar atento ao perceber que os níveis de óleo na pele, principalmente a do rosto, estão aumentando:

Todos esses são fatores que podem, sim, levar a alterações na quantidade de sebo que o corpo está produzindo. Então, aquela visita ao médico que você tanto estava postergando, vai precisar acontecer! Pois a nossa pele é um espelho do que acontece também dentro de nós, por isso é tão importante estar com os acompanhamentos em dia e com um rotina bem definida. Isso tudo vai ajudar a manter o organismo em equilíbrio, incluindo a saúde e aparência da pele.

Como o nosso universo é sobre rotina skincare e produtos de beleza, a nossa maior dica é: cuidado com o que você usa na pele! Não é porque fez muito bem para um conhecido, que terá o mesmo resultado para você. Aliás, é assim que as chances de um efeito rebote aumentam, quando a gente passa a usar produtos de indicação de outras pessoas, que às vezes nem tem a pele parecida com a nossa.

Descubra qual é seu tipo de pele e faça boas escolhas! Pois a rotina skincare ajuda, mas só quando é planejada do jeito certo. Caso contrário, podemos ter um golpe duro, chamado de efeito rebote.

Dica para se livrar do efeito rebote

Mas se você chegou aqui já com o problema identificado, vamos dar algumas dicas de como proceder e se livrar dos efeitos indesejados. Acompanhe:

  1. Procure produtos específicos: escolha baseado em seu tipo de pele.
  2. Equilibre a rotina: dose o “poder” de cada produto, pois não vai adiantar usar produtos fortes juntos, eles acabarão se chocando na pele.
  3. Produtos leves em pele oleosa: o erro mais comum é querer usar tal linha porque ela é mais “densa” ou “encorpada”. Opte sempre por produtos com textura em gel (eles não pesam na pele).
  4. Não lave o rosto com frequência: a falsa sensação de retirada da oleosidade durante o dia é o que pode causar o efeito rebote.
  5. Faça acompanhamento: o dermatologista vai sempre te ajudar a observar as mudanças em sua pele e descobrir o motivo.
  6. Hidrate a pele: deixar de hidratar pode ser o gatilho que seu corpo usa para aumentar a produção de oleosidade.

Lembre-se: boas escolhas e nada de querer pular o processo! Os produtos não são os vilões, só é preciso planejar bem as etapas e ver como a pele reage.

Blinde sua rotina skincare!

Uma boa rotina skincare salva a sua pele, disso não tenha dúvidas. Mas para isso, vai precisar contar com produtos feitos para o seu tipo de pele, sejam géis de limpeza, sabonetes antioleosidade ou séruns de hidratação.

Bônus: peles oleosas precisam de produtos leves (em gel) e peles secas precisam de produtos mais consistentes (em creme).

Busque produtos de acordo com as suas necessidades e nunca deixe de se informar sobre assuntos que envolvem o universo da rotina skincare. O primeiro passo para o sucesso é começar a cuidar agora no presente!

Acesse mais conteúdos sobre rotina skincare aqui. Seja você. Seja Bella!

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.